Como mudar um hábito?

0

Em diferentes momentos, quando tomamos pequenas decisões sem perceber, no “piloto automático”, estamos agindo por força dos hábitos, que existem para permitir que o cérebro poupe esforços demasiados o tempo todo. No entanto, nem todos os hábitos nos fazem bem e todos nós temos aqueles que queremos eliminar, na vida profissional ou pessoal. Como fazer isso? Mark Twain tem uma frase que diz o seguinte: “A gente não se liberta de um hábito atirando-o pela janela; é preciso fazê-lo descer a escada, degrau por degrau”. Para que um hábito “desça a escada”, é preciso que outro a suba. O que isso significa? Significa que só conseguimos eliminar um hábito substituindo-o por outro.

Fonte de Imagem: Google

Para que isso aconteça, é preciso inicialmente entender como o hábito é criado. No livro “O poder do hábito” Charles Duhigg explica que ele é composto por três etapas que se repetem em forma de loop:

1- Deixa – trata-se de um gatilho ou estímulo que faz com que seu cérebro entre em modo automático para executar determinado comportamento. Um exemplo: se você costuma acordar todos os dias no mesmo horário, o seu despertador é a sua deixa para isso.

2- Rotina – trata-se do comportamento em si, como acordar cedo.

3- Recompensa – trata-se do que você ganha com a execução desse comportamento, no caso de levantar cedo pode ser uma sensação de bem-estar, mais tempo para fazer outras coisas, etc. É a recompensa que ajuda o cérebro a saber se vale a pena repetir esse comportamento.

Quanto mais você realiza esse loop, mais forte o hábito fica. “Uma vez que escolhem quem querem ser, as pessoas crescem na maneira como foram exercitadas, assim como uma folha de papel ou um casaco, quando vincado ou dobrado, tende a depois cair sempre nas mesmas dobras idênticas.” William James. Para “substituir uma dobra por outra”, é preciso dedicação, fé na mudança e muito trabalho. Para ajudar você nesse processo, compartilho o passo a passo explicado pelo autor do livro “O poder do hábito”:

- Identifique a rotina que você quer mudar – Qual é o hábito que precisa ser alterado? Focar em um objetivo maior é melhor do que buscar resolver tudo ao mesmo tempo e dividir a sua energia;

- Identifique a recompensa que você possui – O que você ganha mantendo esse hábito? Experimente diferentes recompensas para identificar o que te motiva;

- Identifique a sua deixa – O que faz com que você tenha determinado comportamento? Um horário específico? Um objeto? Identifique esse gatilho.

- Tenha um plano para manter a mesma deixa e a mesma recompensa, alterando a sua rotina.

Lembre-se que para transformar o hábito, é preciso que você repita o processo conscientemente várias vezes, até que ele entre no “piloto automático”. Não é uma tarefa fácil, mas como diz o próprio autor do livro, a partir do momento que você entenda os padrões que moldam cada aspecto da sua vida você ganha a liberdade e a responsabilidade de trabalhar para refazê-los. Vamos lá?

Tainah Veras é empreendedora de uma Consultoria de Conteúdo voltada para pequenas empresas e tem como estímulo profissional adquirir e transferir conhecimentos que permitam aproveitar os desafios de forma criativa para transformá-los em oportunidade. Formada em Comunicação Social pela UNESP, pós-graduanda em Marketing e Comunicação pelo INPG e aluna especial do mestrado de TV Digital da UNESP, tem experiência de 1 ano na França como embaixadora do Rotary, diversos cursos na área de Comunicação, e escreve para os portais “Implantando Marketing”, “Alma do Negócio”, “Imagem Pessoal”, “Blog da Lecom” e “Empreendedorismo Rosa”.

Deixe um comentário

Current ye@r *